Um carnaval escaldante na Suiça.

O ano passado tive a surpreendente experiência de passar o Carnaval na Suiça em Basileia. Que na verdade foi uma semana depois do nosso. Fui a medo. Sou grande grande fã do Carnaval como podem constatar aqui neste artigo.

Basileia

Uma amiga minha mudou-se para Basileia há uns tempos e falou-me de como o carnaval lá era diferente e original. O carnaval por lá chama-se Fasnacht e na segunda-feira há que acordar bem cedo ou não deitar para assistir à Morgenstreich que mostra gigantes cabeçudos cheios de cor no escuro total da cidade. Parece estranho e mórbido? É inesquecível e fora de série. Tradicional também comer a sopa Mehlsuppe antes de ir para casa. Descobri aqui uma receita para perceberem o que é. Este ano calha ao mesmo tempo do nosso.

Ah!! Muito importante! Não se esqueçam de comprar o crachá para a ajudar se não querem levar com travessuras de Carnaval!

Liestal

Mas o que foi mais inesperado foi mesmo o dia anterior, no domingo, quando fomos a Liestal por volta das 20-21h. Assistimos ao chamado Kienbesenzug.

Existem grupos infindáveis portadores de tochas. Homens, mulheres e crianças que vestem roupas especiais e carregam enormes tochas feitas de pinheiros, algumas que chegam a pesar algumas dezenas de kg.

Entre os portadores da tocha, existem vagões de ferro cheios de resíduos de madeira que são puxados enquanto ardem. A parte mais intrigante é ver a passagem destes vagões por baixo de um arco de uma casa que existe na rua principal.

O costume remonta a 1924 e naquela época, os membros do clube desportivo construíram tochas de acordo com uma tradição antiga. Essas tochas foram levadas pelas ruas e gradualmente substituíram a tocha das crianças e a procissão das lanternas. Os carros de fogo famosos têm origem nos 1930s, mas só  foram autorizados oficialmente em 1962. Perigoso mas interessantíssimo. Ainda tive o cabelo a pegar fogo algumas vezes por estar tão perto.

Noutro dia passámos por Berna e ouvimos as tradicionais bandas de Carnaval.

Porque a nossa Europa é cheia de festas e tradições. Há que aproveitar!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

UA-66897269-1