O engate é uma arte.

Homens.

Valorizem-se. Vocês são melhores do que isto.

Deixem de fora as frases gastas, os piropos usados e a falta de criatividade. Deixem de ser fáceis.

A noite Lisboeta carece de originalidade no engate. A mim pessoalmente diverte-me as barbaridades a que sou sujeita quando decido, já entre copos, deslocar-me a uma das discotecas da nossa cidade. Entro no submundo do cliché, do “ver se cola”. Entro directamente na selva carnal onde o mais forte sobrevive e leva alguém para casa. No final da noite, quase sempre, a proporção homem/mulher favorece a escolha das raparigas. Aos que ficam quando as luzes acendem, resta um sorriso disfarçado de orgulho ferido. A única saída é a longa fila para pagar e depois disso talvez uma bucha e o Uber até casa. Acabou mais uma noite de caça que correu mal.

As caçadas são premeditadas mas não são pensadas ao detalhe. Acham que a camisa da moda e o estilo com que decidem sair de casa pode determinar o seu fim e focam-se nisso. Distribuem-se pela rua cor-de-rosa ou pelos cantos do Bairro Alto mas não repensam a estratégia. Deixam-se levar a toque de cevada gelada noite dentro. Chegam ao fim e atacam desenfreadamente sem qualquer preparação.

Coloquem um pouco mais de esforço na táctica sedutora e usem da vossa inteligência. Coisas como “O que é que uma rapariga tão gira faz aqui sozinha” não vos vai levar a bom porto. Assim, acabam vocês, sozinhos num táxi para casa.

Verdade que ao fim de algumas bebidas brancas terão imensa dificuldade em lembrar o vosso nome quanto mais pensar numa frase inteligente para meter conversa. Tentem mais. Entendam a linguagem corporal. Sejam arrojados. Concentrem-se no vosso objectivo. Ou querem passar outra noite no sofá a tentar ter matches no Tinder?

O engate é de facto uma arte. Não é para todos. Tal como a olaria ou a pintura não o é. Mas podemos tentar elevar a fasquia? É uma questão de orgulho nacional.

Photo Credits: Hans Splinter

4 Comments

  1. Manel diz:

    O que é que faz aqui um comentário tão bonito sozinho??

  2. Gilberto diz:

    Olá,

    Admira-me ainda estes textos. Mulheres de Lisboa. Os homens não entendem a vossa linguagem corporal, não sei se é da subtileza ou se já bebemos demasiado pela noite. A verdade é que gosto muito de comparar o vosso esforço na tactica sedutora com as mulheres estrangeiras. A verdade é que pouco mudaram, acho que até estão a regredir com o avanço das redes socias, tinder e afins. Admiram-se depois que vos trocamos por brasileiras… lol. Em todo o caso, a noite é para se divertir, acho que não é para andar a caça. Valorizam-se mais homens.

    • acrushon diz:

      No fundo, todos temos de nos valorizar mais 🙂 Acreditar que merecemos o melhor daquela noite e em todos os momentos da nossa vida 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

UA-66897269-1