Em busca de Pisco Sour.

Tenho paixão por cocktails. Quem me conhece sabe disto. Volta e meia haverá alguns artigos sobre o assunto. Gosto de mixologia e anseio por tirar um curso nesta área.

Mas vamos ao que interessa. O Pisco Sour. A discórdia é imensa. Peruano ou Chileno? Em ambos os países há uma lenda sobre a sua invenção e ligeiras diferenças na sua confecção. Há maior aceitação na teoria peruana. Segundo os habitantes do Peru, a palavra “pisco” tem uma origem na palavra “quechua” que significa ave em peruano. Uma bebida que tem nome de pássaro é sugestivo. Cada noite, cada momento na sua companhia, pode ser culminar a voar e rasgar as nuvens.

Antes que fique demasiado na moda, corre e experimenta. Em Lisboa, há imensos locais onde provar esta bebida. Descobri alguns até à data:

QosqoA CevicheriaNova PeixariaSala de CorteBar da Velha SenhoraMini-BarVolver e El Clandestino.

O Pisco é uma aguardente 40% de álcool. É destilada a partir do mosto de diferentes castas de uvas e tem alto teor de açúcar.

Para fazer em casa Pisco Sour:

  • 100 ml de sumo de lima
  • 250 ml de pisco
  • 80 g de açúcar
  • 1 clara de ovo
  • gelo a gosto
  • 3 a 4 quatro gotas de Angostura
Adicionar todos os ingredientes num shaker e encher com gelo. Agitar vigorosamente e coar para um copo. Adicionar as gotas de Angostura.

IMG_0368

Prenda de Natal interessante para a Liginha: Garrafa de Pisco. Não custa tentar 😉

Photo Credits:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

UA-66897269-1