Desporto #1- Trenó.

Ora bem…começou a saga. O prometido é devido. Digamos que este desporto veio por acaso. Não foi nenhuma sugestão que me deram quando fiz o artigo sobre desporto. Aquando da minha viagem à Suíça a semana passada, num dos dias, dado que eu nunca tinha feito desportos de neve, surgiu a ideia de irmos andar de trenó. “Boa!”, disse eu. Na verdade achava que íamos andar de trenó num lugar qualquer perto de casa que tivesse neve.

A coisa foi mais profissional. Fomos a uma estância de ski. Nunca tinha ido a uma. Parecia uma criancinha em pulgas. Já não via neve a sério há anos! Fomos a Grindelwald e dentro do caro da Suíça, surpreendeu-me que a subida de teleférico já com o trenó fosse apenas 39€. Nem vou comentar a paisagem maravilhosa. Vou deixar isso para o meu artigo sobre a Suíça.

ski trenó

Confesso que não fui propriamente equipada para desportos de neve mas estava super quentinha e o meu estado final acabou por nos divertir a todos. Começou assim…

neve trenó

trenó

Chegada ao topo, era tempo de seguir para a pista. À primeira vista parecia que era só atirar-me por ali a baixo e deixar-me ir. A verdade é que até tem alguma ciência. Pelo menos para quem confunde a direita e a esquerda como eu.

Em algumas curvas fui em frente, numa ravina ou outra maioria. Salvou-me a neve fofa que tinha caído recentemente e amparava a velocidade do trenó.

Nas partes em que a pista de trenós cruzava com a de ski, fiz um imenso esforço para não fechar os olhos e pronto…seja o que Deus quiser.

Algumas pessoas tinham trenós todos profissionais e faziam coisas muito giras. Eu limitei-me a seguir a pista…fora as vezes que caí fora dela 😉

neve trenó

neve trenó

Rimos, caímos, deixámos a adrenalina subir. Não me caiu nenhum dentinho, não provoquei nenhum acidente e não fiz o cliché de ir contra uma árvore. Já não foi mau de todo.

Nível de dificuldade: 3

Dores nos músculos no dia seguinte: 4

Vontade de repetir: 5

A repetir, sem dúvida! Não poderá é ser o meu desporto de eleição para praticar continuamente como preciso, devido obviamente, ao nosso clima solarengo maravilhoso.

No fim íamos fazer um boneco de neve. Não foi preciso. No fim, eu era o boneco de neve 😉

neve trenó

Similar posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

UA-66897269-1