5 coisas que não podes perder em Mostar, Bósnia

Chegámos já de noite. Talvez porque o GPS só tinhas as estradas principais, andámos às voltas e voltas para chegar à rua do nosso Hostel. Atirámo-nos por uma rua aleatória e lá estava ela, a Guesthouse Stari Grad. Chegámos e conhecemos uma senhora muito fofa, que embora não falasse uma palavra de Inglês, derreteu-nos com simpatias. Conseguimos perceber que a fonte dava água potável e podíamos beber dali, ofereceu-nos sumo de frutos silvestres, queixou-se do calor…uma conversa amena em “bósniotuguês”.

Rapidamente nos instalámos num pequeno estúdio muito bem arranjado por 40€. O estúdio dava perfeitamente para 4 pessoas pelo que teria ficado baratíssimo se não fossemos apenas dois. Fica a 5 minutos a pé da zona histórica e por isso fomos jantar por lá. O senhor do hostel que já falava inglês, aconselhou-nos o Babilon e o Teatar mas não encontramos pelo que escolhemos o Bella Vista pela incrível vista que tinha para a ponte.

Há uma mística no ar, uma luz baixa, um sentimento de estar algures na época medieval e aquela fantasia no ar de que sou uma princesa e este é o meu reino. É realmente maravilhoso ver esta zona de noite e vaguear pelas ruas vazias sem nenhum destino em particular. De dia, o frenesim é outro. Há grupos de turistas, turistas aos casais…turistas no geral. Normal, dada a beleza que se pode aqui encontrar.

5 coisas que não podes perder em Mostar

#1 – Stari Most ou Old Bridge

Nesta ponte é possível ver vários espetáculos de saltos, tal como o Red Bull World Diving. São 24m de altura que impõem algum respeito. Pelo que percebi não há muitos turistas a aventurar-se e para saltar deve-se tirar um curso dado por locais. Eu não tive essa coragem.

2015-07-14 13.21.06-1

 

2015-07-14 12.47.44

#2 – Old town & Grand Mosque

Vaguear pelas ruelas e ver o comércio tradicional na zona histórica é calmo e muito agradável. Na Mesquita é possível subir ao minarete e ter uma vista privilegiada para a ponte e toda a zona histórica. Ao lado da mesquita há um pequeno jardim onde aconselho tirar fotos porque o enquadramento com a ponte é perfeito. Como belos portugueses que somos, entrámos atrás de umas pessoas…mas é suposto pagar para estar ali.

2015-07-14 12.32.56

#3 – Neretva River

Ir a Mostar e não molhar o pé no rio gelado, é quase como não ter lá estado. A minha vontade era mergulhar. É uma visão demasiado bonita para não nos absorvermos na atmosfera e aproveitarmos o momento. A perspectiva da ponte vista de baixo mostra a sua grandiosidade e imponência.

2015-07-14 13.20.22

#4 – Arte Urbana

Porque em cada cidade com centro histórico, há também uma face moderna que aparece sorrateiramente. A cidade cresce à volta deste centro e é aí que vivem pessoas, que crianças vão à escola, que há trabalhadores de todo o género que nada se relacionam com turismo, escolas ou hospitais. É aqui, que existe também arte mais contemporânea. É preciso procurar e só o olhar atento encontra aqui e ali, alguma arte urbana perdida. Se é algo que te interessa, vasculha. Anda pela cidade onde não há pontos turísticos e vê detalhes que demonstram a vida desta cidade.

2015-07-14 13.54.40

#5 – Barragem fora da cidade

A caminho de Sarajevo e porque não dei o tal mergulho mesmo no centro de Mostar, encontrámos um local onde a natureza era virgem e desprovida de turistas. Uns locais mergulhavam alegremente, pelo que sentimos ser seguro. Confesso que o meu medo de pisar uma mina depois de ter lido imenso sobre o facto de ainda existirem minas terrestres na Bósnia era grande mas uma vez que ali estavam pessoas, arrisquei 🙂 Foi um refrescar da mente, um momento em que não pensei em nada. Por momentos, senti-me pequena no infinito de água e paisagem imensurável e altiva.

2015-07-14 14.30.13

Esta publicação também está disponível em: Inglês

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

UA-66897269-1